Ex agente da CIA em conversa com BinLaden em 2006 revela porque ele nunca seria julgado nos tribunais

Posted: 24 de Junho de 2011 in internacional, livros

 


Breve Biografia: Oswald le winter foi agente da CIA.

Nasceu em Viena de Áustria em 1931, foi para os Estados Unidos em 1939.

Estudou nos EUA, em Oxford e em Tuebingen ( Alemanha ).

Combateu na Coreia e foi capturado pelos chineses.

Em 1954 inscreveu-se no serviço de informações do exército americano e juntou-se à equipa do general Ed Landsdale nas Filipinas e no Vietname até 1955.

Deixou o serviço activo, regressou à Universidade leccionando em várias faculdades.

Em 1965 ingressou na CIA, o último posto foi de chefe do ITAC na NATO e , no exército, ascendeu a major-general.

Em 1968 foi sentenciado a uma pena de 4 anos de prisão por alegada fraude numa operação conjunta da CIA, FBI e MI-6. ( o que é estranho, após tantos anos com excelente curriculum), na verdade ele revelou informações sobre esquemas ilícitos da CIA e foi castigado por isso. Após libertado, Pediu asilo político em Portugal vivendo alguns anos em Lisboa. ( no ano 2000 ).

Em 2001 publicou um livro «Desmantelar a América », que em apenas 2 meses teve 6 edições. o ultimo livro dele Democracia e Secretismo Publicações  Europa América.

agora reside na Alemanha. Está proibido de entrar nos EUA. É considerado incómodo. Na edição de Março 2006 da revista “Magazine – Grande Informação” dá uma entrevista excelente e bizarra a Pedro Pizarro.

“..Nessa entrevista ele revela que se encontrou pessoalmente com BinLaden ele revela que é o próprio George W.Bush que não quer que ele seja descoberto e levado a tribunal para um julgamento público , porque se for julgado em tribunal revelará tudo o que sabe sobre os negócios entre a família bin Laden e família bush (tenho video documentário sobre os tais ditos negócios podem solicitar). isso foi o que Bin Laden disse a Oswald isso e muito mais como o que aconteceu em 11 Setembro não foi uma operação da A   l Q  a eda (tenho video-documentários com provas inequivocas solicite) mas graças ao domínio pela administração norte americana ninguêm acreditou neles a partir do 11 de Setembro começaram aparecer cada vez mais jovens dispostos a lutar contra os USA,  a Alq A ED A resolveu assumir as culpas já que estavam a receber mais dinheiro do que nunca em donativos…” ler mais clique aqui ou ver no fundo da página, agora percebe-se porque não houve julgamento público um acontecimento tão mediatizado em que o suposto mau da fita foi silenciado par o fundo do mar levando consigo os seus “segredos”…mas não ha nada encoberto que nao seja revelado e mesmo pilatos tem quem o julgue…

nessa mesma intrevista vem ainda falar em outros temas:

Sobre a II Guerra Mundial e o ataque a Pearl Harbor, que poderia ter sido evitado. Sobre a Guerra Fria e os filipinos que disfarçou de vietnamitas, obrigando-os a matar pessoas. Sobre a sua entrada para a CIA e a sua primeira missão na Bolívia. Sobre Che Guevara e o envolvimento de George Bush pai na morte do ícone comunista. Sobre o Vietname e o tráfico de droga. Sobre a Alemanha e os seu contributo para a queda do Governo de Helmut Schmidt. Sobre Bin Laden e a facilidade de entrar em contacto com o terrorista quando George Bush filho o considera em parte impossível de identificar.
E sobre Portugal!!!

Sobre o maquinado fim do império africano; sobre Frank Carlucci “presidente da República e primeiro-ministro português”; sobre a ligação de Mário Soares à CIA; sobre o caso Camarate e a auspiciosa ascenção de Pinto Balsemão depois da morte de Sá Carneiro, sobre a curiosa venda de armas ao Irão, até então proibida, no dia a seguir à sua morte.
E a apoteose:
“Então já percebeu porque tiveram como candidatos a Presidente da República um antigo homem da CIA, Mário Soares, e uma pessoa que conhece bem esses negócios de vendas de armas, Cavaco Silva; era o primeiro-ministro e, segundo sei, foi o último ministro a reunir, precisamente com Sá Carneiro e Amaro da Costa…
Em suma, uma entrevista de revelações em 12 páginas. Absolutamente imperdível.

paginas da revista:

 

 

 

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s