exaustor / realçador de sabor / excitotoxinas / GMS / glutamato monossodico: o sabor que mata

Posted: 8 de Novembro de 2015 in Alimentação, corrupcção, Curiosidades, Luta e protesto
Tags: , , , , ,

Quando o Sabor está no prato do dia e o sabor mais gostoso mais intenso é ai que entram os realçadores de sabor mais conhecidos como glutamato monossódico hoje cada vez mais presentes em tudo que é comida para ativar as papilas gustativas e multiplicar o sabor..mas sabia que essas aparentes neurototoxinas estão nos a matar literalmente e destruir nosso cérebro..e pior que tudo com a conivência de quem supostamente deveria defender os direitos do consumidor e saúde publica, se fizermos uma pesquisa superficial no google vamos encontrar em primeiro lugar um blog todo bonitinho com nome pomposo até aparentemente credível chamado portal da transparência, outro chamado pro teste bem conhecido da opinião publica ..mas a informação e tao pobre e incompleta que levanta suspeita de que ha interesses gigantescos por detrás..claro esta é um fato inegável que com o que sabemos hoje sobre pesquisas recentes não tem como esconder tudo contra fatos não ha argumentos mas falar que só para algumas pessoas alérgicas ou que deve ser consumido moderadamente…e um pouco tendencioso sera que se consumir estricnica ou remédio para ratos vou criar imunidade e resistência ao veneno..?
Vamos a factos…
O que exatamente é o Glutamato Monossódico?
Você pode lembrar quando o pó de GMS chamado “Accent” primeiramente veio aos mercados norte-americanos. Bem foi há muitas décadas anterior a este, em 1908, que o glutamato foi inventado. O inventor foi Kikunae Ikeda, um japonês que identificou a substância natural que incrementava o sabor, provinda da alga marinha.

Tomando como base esta substância, eles foram capazes de criar um aditivo criado pelo homem, o glutamato monossódico, e ele e seu parceiro criaram a Ajinomoto, que é hoje o maior produtor deste produto (e, interessante, também um produtor de remédios).
Quimicamente falando, o GMS é aproximadamente 78% de ácido glutâmico livre, 21% de sódio, e até 1% composto de contaminantes.

a FDA (Food and Drug Administration, ou Agência Norte-Americana de Controle de Alimentos e Medicamentos), classificou o glutamato monossódico como “ordinariamente conhecido como seguro (Generally Recognized as Safe ou GRAS)” e assim se manteve desde então

A QUESTÃO É QUE VÁRIOS CASOS GRAVES DE SAÚDE TEM SIDO REPORTADO Á FDA SEM QUE NADA TENHA SIDO FEITO não esquecendo que já o mesmo aconteceu com o aspartame que causa buracos no cérebro literalmente em que processos judiciais existem contra a industria mas nada tem sido feito e esses aditivos de morte como muitos outros continuam a fazer parte do CODEX ALIMENTARIUS enchendo os bolsos dos industriais e dizimando o povo..éé parece um pouco forte como argumento mas é exatamente o que esta acontecer com todos esses aditivos que entraram na cadeia alimentar..hoje irei apenas resumir a explanação ao glutamato abaixo um vídeo do DR
Russell Blaylock Medico e doutor cirurgião professor universitário autor e escritor de vários livros entre os quais destacamos excitotocinas el sabor que mata..mas só resumindo antes de vc visualizar este vídeo veja abaixo apenas alguns dos efeitos do glutamato monossódico ou realçador de sabor:
• Anemia
• Infertilidade masculina
• Lesão cerebral e tonturas
• Calcificação renal
• Aborto espontâneo
• Alterações gastrointestinais
• Alterações da visão, com enevoamento
• Reacções alérgicas e aumento de peso
estas extitotoxinas destroem literalmente tuas celulas..e provocam danos cerebrais irreparáveis..experiencias de laboratório com ratinhos de laboratório comprovaram isso

EXCITOTOXINAS

O que é doce nunca amarga, ou o sabor que mata!
Excitotoxina é toda a substância capaz de fazer as células cerebrais dispararem impulsos nervosos contínuos, o que condiciona na maioria das vezes na morte dessas células.
Para quem já ouviu dizer que o açúcar faz mal, mesmo não sabendo o porquê, a tendência será usar os adoçantes. Estes, podem ser naturais ou artificiais. Ambos têm uma característica em comum: são nocivos! Os mais utilizados são a sucralose, o aspartame, e a sacarina. Normalmente os adoçantes contêm uma mistura de todos ou de alguns deles. O agave e o xarope de frutose são essencialmente compostos por frutose a qual é um veneno para nós.
A investigação científica mostra que a sucralose (Splenda) é um tóxico ambiental, altamente nocivo para a saúde humana, o qual pode desequilibrar a tiróide, que destrói a nossa flora intestinal em cerca de 50%, contribuindo para um eventual aumento de peso e diminuição da imunidade. Interage desfavoravelmente com medicações como a quimioterapia e medicamentos para o coração. É absorvida pelas células de gordura (adipócitos) ao contrário do que é publicitado. Este adoçante recebeu uma aprovação rápida e “esquisita” por parte da FDA. Vá lá saber-se…$$$… o porquê! As crianças, as idosas e os doentes crónicos são os mais susceptíveis aos malefícios deste adoçante:
• Anemia
• Infertilidade masculina
• Lesão cerebral e tonturas
• Calcificação renal
• Aborto espontâneo
• Alterações gastrointestinais
• Alterações da visão, com enevoamento
• Reacções alérgicas e aumento de peso
• Etc.

Entao mas afinal o que sao estas excitotoxinas e como funcionam?.
um dos super veneno à espreita na sua comida e na dos seus filhos! Chama-se Mono Glutamato Sódio (MGS) e é usado como intensificador de sabor. É dos tais compostos que a indústria não larga nem por nada, e que tudo fará para o perpetuar. Porquê? Pela simples razão que aumenta o sabor de toda a comida, é barato e torna fabuloso qualquer alimento imprestável. Está em tudo, desde sopas, aos caldos e eventualmente nos alimentos para bebés. Tem a certeza que o seu fiambre não tem MGS? Ou o molho de que tanto gosta? Ou, etc.?
Concluindo, estes compostos causam lesão cerebral permanente e uma miríade de sintomas negativos que urge chamar a sua atenção. Os industriais da alimentação deitam mão a todo o tipo de subterfúgios para esconderem o que colocam nos alimentos. Cabe a cada um de nós zelar pelo que comemos e damos a comer. Cada vez mais é verdade que somos o que comemos. Mas podemos evitar isto ao excluirmos os alimentos processados. Por exemplo, é natural que um hambúrguer tenha MGS, mas um bife que compramos no talho ou o hambúrguer feito em casa certamente não o contêm. Não adianta fazermos programas anti-envelhecimento, mesmo com a medicina de topo à nossa disposição, se não tivermos consciência do que comemos. Será sem,pré um pouco como alguém a tirar água de dentro de um barco, enquanto outro vai fazendo furos abaixo da linha de água.

Onde se encontra o glutamato?
clik abaixo para ver alguns dos produtos que contem glutamato
http://www.tabelanutricional.com.br/contem/ingrediente/glutamato-monossodico

Molho de tomate Pomarola Tradicional Peneirado
Hambúrguer de Soja Sadia
Sardinha com olho de tomate Gomes da Costa
Farofa de soja Yoki
Tempero para carne gril Maggi
Molho para salada rosé Lisa
Requeijão cheddar Itambé
Requeijão ervas finas Itambé
Frango temperado desossado Copacol
Biscoito polvilho salgado salsa e cebola Vale Douro
Soja texturizada
Molho de Soja Shoyu
Snack, Batatas fritas, nachos etc etc etc (Leaim os rótulos)

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s